Vinhedos

A produção é severamente controlada e não ultrapassa os 2kg por planta. O controle fitossanitário é rigoroso, os vinhedos foram formados com mudas importadas da Europa sendo selecionados os melhores clones para as características de nosso terroir. Os trabalhos nos vinhedos são inúmeros, visando obter a perfeição entre natureza, tratos culturais e o produto final, utilizando técnicas cientificamente comprovadas extraindo da natureza o que de melhor ela pode nos oferecer. Dentre os tratos culturais, destaca-se a poda, que é realizada no inverno, quando as vinhas estão em dormência, devido ao frio. Os profissionais da vinícola empregam seu conhecimento para efetuar uma poda racional adequada para obter da videira características positivas na formação das uvas. Aplicam-se podas reduzidas, deixando de 10 a 12 gemas por planta, produzindo em torno de 2kg/planta. Seguem-se durante o ciclo vegetativo os tratamentos fitossanitários para preservar a integridade e boa formação das bagas. Durante este período são eliminadas as folhas rente a uva, são folhas velhas que não tem mais atividades fotossintética e com sua eliminação ocorre melhor circulação do ar e melhor exposição aos raios solares, fator determinante para a concentração polifenólica e aromática. Quando a uva inicia o processo de maturação são retirados os cachos que eventualmente não estejam uniformes, e aplicam-se técnicas naturais para bloquear o vigor da planta, frear o crescimento vegetativo. Desta forma os produtos fotossintéticos são repassados em maior quantidade para as uvas aumentando a concentração de açúcares, taninos e aromas. O controle da maturação também é rigoroso, as uvas da Vinícola Barcarola atingem sempre o nível de super maturação, desta forma obtêm-se aromas particulares do tipo terpênicos, típicos e exclusivos de uvas que sofreram apassimento.

Voltar

Novidades e promoções

Localização

Facebook